cmbsff:

Você me fez sentir de novo o que eu já não me importava mais.

Vontade de te ligar e te xingar de mil coisas. Ou de ir embora sem ter nenhuma intenção de voltar. Só que… Não dá. Quer dizer, eu não tomo remédios contra você. Mas é que eu deveria, entende? Você sempre foi como uma doença. E tudo que envolve você também. Só que eu sempre fui uma criança teimosa, daquelas que ainda vira o rosto pra não tomar remédio. Ou daquelas que gosta de ficar doente pra poder faltar a escola. Deve ser por isso que ainda não consegui me livrar de você. Porque eu sei o que fazer, mas me recuso a tentar.

Cara, você de novo? (via tajmahhal)

empinadinha:

"pelo mistério, pela paz q o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca”

Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira e pura. Enquanto durar.

Cora Coralina   (via bailarinice)

velhocaos:

Kelsey Landsgaard